O tal do Strobing!

29.8.15

Exatamente. Hoje vamos falar do tal Strobing que todo it make up anda falando por aí. Afinal, o que é o Strobing? Strobing nada mais é do que um nome novo para uma técnica antiga, e como na moda e na maquiagem tudo se recicla, deram esse nome lindo (oi?) para a tecnica de iluminar o rosto.
Tá Tenille, já entendi que é o tal do iluminado, mas como é feito?
Bom, aí que entra a parte do reciclar que eu te disse.
Lá por meados de 2000 a gente já via o Strobing por aí, nas passarelas e nas ubermodels, mas até então era umas coisa tipo "pele de Angel da Victoria Secrets".


J-Lo musa eterna do Strobing e Gigi-Bündchen que o digam. Aposto que você sempre quis saber o segredo dessa pele perfaaa né... Pois então, é o nosso amigo Strobing.
Ele voltou para quebrar a febre do contorno (by Kim Kardashian) que se instaurou no mundo da maquiagem. Isso não quer dizer que agora que você aprendeu o contorno você vai abandoná-lo, só que, ao invés de marcar mais o contorno, o foco passa para o iluminador.
Tá Tenille, já entendi que é o tal do iluminado, mas como é feito?
Bom, aí que entra a parte do reciclar que eu te disse.


Aqui temos dois ótimos exemplos pra você colega que está aí pensando aonde vai o tal iluminador. No contorno escurecemos o que queremos esconder, e clareamos o que queremos destacar, certo? Certo. No Strobing a diferença esta não em clarear, e sim em iluminar o que queremos destacar. Esse "iluminar" vai naturalmente criar sombras onde não foi iluminado. Assim o contorno não se faz taaaaão necessário, mas claro que se você é a louca (ou louco né!) do contorno e não consegue ficar sem, não precisa se desesperar, pode continuar fazendo seu contorninho e sendo feliz, mas lembrando que o contorno nesse caso tem que ser beeeemmmm mais suave. 



Quanto aos produtos só te falo uma coisa: Se jogaaa!!! Líquidos, em pó, cremosos, você escolhe o que te agradar mais. Os meus queridinhos são o Iluminador da Yes Cosmetics e o da Quem Disse? Berenice.  
E para não errar a mão na hora de "strobizar" é bom levar em conta que: 
*Se você tem pele oleosa, melhor iluminar somente os pontos que precisam de mais brilho. Não que você não possa iluminar tudo, mas você não quer correr o risco de parecer uma bola de bilhar né? Use o bom senso! 
*Onde aplicar, então? Nas têmporas, ponte do nariz, canto interno dos olhos, arco das sobrancelhas e V dos lábios – até aí, normal quando se fala em make luminoso, né? No strobbing, passe também nas maçãs do rosto, e sem miserê. 
*Quem tele a pele clara pode apostar nos iluminadores de tons rosados, as morenas medias e escuras nos de fundo mais dourado, e as negras ficam lindas com os de fundo alaranjando ou burgundy. Claro que isto não é uma regra, apenas uma observação... 
*As peles maduras ficam lindas com esse efeito glow que o Strobing tem, já que o iluminado chama a atenção para pontos onde é mais difícil encontrar rugas e linhas de expressão. 
*Por ultimo, se mesmo depois de tudo que eu te falei, você ainda está na duvida de como sair "strobizando" por aí sem parecer uma alegoria de carnaval, é só misturar um pouquinho de iluminador na sua base preferida, ou aplicar o iluminador no rosto ANTES da base. Isso vai te garantir um efeito mais leve e fresh. 

Agora que você já sabe que o Strobing não é nenhum bicho de sete cabeças (hello Hidra), é só se jogar e sair iluminando por onde você passa. 

Se você ainda ficou com alguma dúvida, é só deixar um comentário que vou fazer o possível pra te responder, ok? 

You Might Also Like

0 Comentários

Formulário de contato